18 DE MAIO: DIA NACIONAL DA LUTA ANTIMANICOMIAL

18 DE MAIO: DIA NACIONAL DA LUTA ANTIMANICOMIAL


#PorUmaSociedadeSemManicomios

| LUTA ANTIMANICOMIAL |

O Movimento da Luta Antimanicomial iniciou em maio 1987 com objetivo de buscar direitos fundamentais para usuários de serviços de saúde mental, como a liberdade e um tratamento digno. Este movimento deu início às discussões de uma Reforma Psiquiátrica no sistema de saúde, orientando as iniciativas públicas e privadas de tratamento em saúde mental e redireciona o modelo de assistência. Esta medida resultou na lei 10.216/2001 e levou ao fechamento de hospitais psiquiátricos.

No ano de 2019, muitas alterações vem sendo feitas em relação a aplicação desta lei e nas Políticas de Atenção à Saúde Mental e nas Políticas de Álcool e Drogas. É questionável a forma como estas mudanças vem sendo feitas: sem diálogo amplo, em curto prazo, enfraquecendo o sistema público de saúde mental e privilegiando técnicas de privação de liberdade e de uso abusivo de medicamentos. Ainda, continua sem explicação a motivação técnica de se ampliar o financiamento por parte do Estado para comunidades terapêuticas tendo em vista a precarização ao longo dos anos dos serviços públicos em saúde mental. No DF, esta luta é mais que necessária, tendo em vista o número de serviços disponíveis bem abaixo do necessário para absorver as demandas da cidade, que não pára de crescer. Desta forma, tem levado a limites do inaceitável a saúde física e mental dos profissionais que estão nestes serviços. Cabe ressaltar que se trata de um quadro com alto nível de capacitação, com mestrado, doutorado e especializações.

Muitas iniciativas para promover este marco na atenção em saúde mental já iniciaram pela cidade e muitas outras irão ocorrer ao longo da semana. Parabenizamos os profissionais nesta luta na busca por dignidade dos usuários!!!

#PorUmaSociedadeSemManicômios


<< Ver Anterior Ver Próximo >>