CRP 01/DF ENCERRA O MÊS DA CONSCIÊNCIA NEGRA COM DEBATE SOBRE PSICOLOGIA E NEGRITUDE

CRP 01/DF ENCERRA O MÊS DA CONSCIÊNCIA NEGRA COM DEBATE SOBRE PSICOLOGIA E NEGRITUDE


O diálogo da noite girou em torno da discussão sobre o racismo e outras questões de raça no âmbito da Psicologia

O Conselho Regional de Psicologia do Distrito Federal realizou, na noite desta quarta-feira (27), o último evento da rodada de debates “Dialogando sobre as Negritudes”, com a presença das psicólogas Marizete Gouveia e Márcia Maria da Silva, que conduziram as discussões. O projeto foi executado pela Comissão Especial de Raça e Povos Tradicionais, coordenada pela conselheira vice-presidente do CRP 01/DF, Carolina Saraiva, e contou com a presença de profissionais e estudantes de Psicologia e de outras áreas de formação.

Doutora em Psicologia Clínica e Cultura, Marizete fez uma retomada histórica das lutas e conquistas da população negra no Brasil e traçou um paralelo com as experiências de racismo no contexto da saúde mental, com foco em três de seus estudos que respondem à pergunta “Onde se esconde o racismo na Psicologia Clínica?”.

Em seguida, a psicóloga Márcia fez relatos de situações de racismo no contexto sociopolítico presente, convocando os participantes a refletirem sobre a atuação direta e indireta de profissionais de Psicologia no enfrentamento ao racismo na atualidade. Ela enfatizou a necessidade de o debate racial ocorrer em todos os setores da sociedade, inclusive nas periferias das grandes cidades.

Em referência ao Dia Internacional da Consciência Negra (celebrado em 20 de novembro), o CRP 01/DF promoveu diálogos sobre as negritudes durante todo o mês de novembro, por meio de ações digitais e de encontros presenciais. “É importante abrirmos o diálogo para o debate e cuidarmos das Psicologias de forma concreta”, ressalva a conselheira Carolina Saraiva, à frente do projeto Dialogando sobre as Negritudes. Além das psicólogas facilitadoras dessa noite, os debates anteriores contaram com a participação de Marivaldo Pereira e Joice Marques Pereira.


<< Ver Anterior Ver Próximo >>