I SEMINÁRIO CENTRO-OESTE DE PSICOLOGIA NA EDUCAÇÃO REÚNE ESPECIALISTAS PARA DISCUTIR OS DESAFIOS E AS PERSPECTIVAS PARA A ATUAÇÃO PROFISSIONAL NA ÁREA

I SEMINÁRIO CENTRO-OESTE DE PSICOLOGIA NA EDUCAÇÃO REÚNE ESPECIALISTAS PARA DISCUTIR OS DESAFIOS E AS PERSPECTIVAS PARA A ATUAÇÃO PROFISSIONAL NA ÁREA


Evento foi realizado nos dias 25 e 26 de abril

O Conselho Regional de Psicologia do Distrito Federal (CRP 01/DF), por meio de sua Comissão Especial de Psicologia na Educação (PSINAED) coordenou, nos dias 25 e 26 de abril, o I Seminário Centro-Oeste de Psicologia na Educação. O evento foi realizado em parceria com os Conselhos Regionais de Psicologia de Goiás (CRP 01/GO), Mato Grosso (CRP 18/MT) e Mato Grosso do Sul (CRP 14/MS), com o apoio do Centro Universitário do Distrito Federal (UDF).

O formato do seminário buscou possibilitar espaços de debate e diálogos críticos e reflexivos sobre o atual cenário das Políticas Públicas em Educação no país, além de problematizar questões da educação brasileira, bem como avaliar o cenário, considerando as rupturas, os impactos, os avanços e as perspectivas da atuação dos profissionais da Psicologia na área.

A conselheira regional de Psicologia do DF e coordenadora-geral do seminário, Vanuza Sales, destacou a importância da articulação dos conselhos regionais para fortalecer essa área de atuação e possiblitar os diálogos nesse campo de prática profissional: "O I Seminário Centro-Oeste de Psicologia na Educação e a Comissão Especial de Psicologia na Educação do CRP 01/DF têm o compromisso de fortalecimento do psicólogo da área e de ser também instrumento de debate e avanços da Psicologia articulada com a Educação", expõe.

Irma Macario, representante do CRP 14/MS destacou, durante a abertura do evento, as situações de crise que vêm sendo noticiadas nas escolas, como tentativas de suicídio e automutilação dentro da comunidade escolar: “Essa crise toda está fazendo com que sejamos demandados a ir para esses espaços [escolas] para que possamos trabalhar. Que nós possamos aprender juntos quais são as formas de trabalho que a Psicologia pode aprender para ser efetiva dentro dos seus espaços”, ressaltou.

Alba Santana, representante do CRP 09/GO, chamou atenção para o cenário político brasileiro e as propostas legislativas e políticas públicas que envolvem a Psicologia: “Precisamos estar atentos, discutindo e dizendo a que viemos: que contribuição a Psicologia pode dar à educação?”, provocou.

Carleandro Roberto, representante do CRP 18/MT, compartilhou as experiências do seu estado, destacando a importância da articulação entre conselhos e profissionais: “A perspectiva é pensar estrategicamente uma articulação para darmos conta dessa conjuntura que não está fácil. O nosso momento no Mato Grosso é de reinício de trabalho, estamos recomeçando os trabalhos agora e vamos precisar da ajuda de vocês”, salientou.

Reflexões sobre o fazer psicológico

Nos dois dias de evento, os participantes puderam acompanhar 3 conferências e 3 mesas-redondas, além de 7 rodas de conversa, lançamento de livros e momentos para troca de experiências entre estudantes e profissionais da área. Raquel Guzzo, professora da PUC Campinas e conferencista de abertura do seminário, destacou o quanto eventos como esse são fortalecedores: “Eu percebo que essa leitura de mundo que permite a nós psicólogos intervirmos no processo de crianças mais saudáveis é para mim a grande responsabilidade do profissional de Psicologia. Tratar e cuidar é importante, mas promover, fortalecer e acompanhar o processo de desenvolvimento, para mim, é mais importante ainda”, ressaltou.

Observação compartilhada pela professora Claisy Marinho, da Universidade de Brasília (UnB), que esteve à frente da conferência “Desenvolvimento de competências e as constribuições para a Psicologia escolar: “Os professores devem entrar nas suas salas de aula todos os dias como um ato político. Eu vou mediar perfis e competência para que tipo de atuação? O que eu defendo é uma atuação institucional que evidencie o empoderamento. A Psicologia escolar é muito corajosa!”, pontuou a professora no segundo dia do evento.

Veja aqui a galeria de imagens do evento.


<< Ver Anterior Ver Próximo >>