CRP 01/DF e coordenadores de cursos de Psicologia discutem nova classificação proposta pelo Inep

2

Conselho profissional considera inadequada a possível classificação dos cursos de Psicologia dentro da sub-área “Ciências Sociais e Comportamentais”

O Conselho Regional de Psicologia do Distrito Federal (CRP 01/DF) recebeu nessa quarta-feira (10) coordenadores de cursos de psicologia da região para discutir a proposta do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) de nova classificação para os cursos de Psicologia.

A proposta do Inep é que a Psicologia seja inserida na área “Ciências Sociais, Jornalismo e Informação”, sub-área “Ciências Sociais e Comportamentais”. No entanto, o Conselho Federal de Psicologia (CFP), em conjunto com a Associação Brasileira de Ensino de Psicologia (ABEP) e a Federação Nacional dos Psicológos (Fenapsi) já apresentou em nota (disponível em: https://site.cfp.org.br/nota-sobre-a-revisao-e-atualizacao-da-classificacao-dos-cursos-de-graduacao-e-sequenciais-proposta-pelo-inep/)posicionamento contrário à proposta do Inep, destacando que a nova classificação, se efetivada, trará sérias consequências para ao exercício profissional da Psicologia no país.

O grupo de trabalho do CRP 01/DF com coordenadores de curso sugere que a Psicologia seja mantida na área “Ciências Sociais”, mas que seja inserida dentro uma sub-área específica “Psicologia”. Além disso, o GT fez ressalvas quanto ao tempo disponibilizado pelo Inep para a revisão com os coordenadores de curso. “O GT lamenta o tempo exíguo para a discussão de algo tão importante, uma vez que cada coordenador de curso de Psicologia terá somente até o dia 19 de outubro para apresentar uma posição formal ao Inep”, destacou o conselheiro secretário do CRP 01/DF, Vitor Barros Rego.

O grupo voltará a se reunir para discutir outros temas referentes à formação e ao exercício da Psicologia na região e continuará acompanhando com atenção as alterações propostas pelo Inep.