Participe da Audiência Pública pela aprovação das 30 horas semanais para psicólogas(os)

30horas-site

CRP 01/DF pede apoio da categoria, que poderá enviar mensagens aos parlamentares, fazer perguntas e participar da consulta pública sobre a matéria

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado Federal promove, na manhã do dia 12 de novembro, uma audiência pública que irá debater a jornada de trabalho de psicólogas e psicólogos. O Sistema Conselhos de Psicologia, apoiado pela Federação Nacional dos Psicólogos (FENAPSI), tem defendido a aprovação do PLS 511/2017, que determina que a carga horária para profissionais de Psicologia não poderá ultrapassar 30 horas semanais. A audiência tem início às 9h, no plenário 6, Ala Senador Nilo Coelho, e será aberta ao público. O Conselho Regional de Psicologia do Distrito Federal e convida profissionais e estudantes de Psicologia a participarem. Quem não puder comparecer pessoalmente, poderá acompanhar o evento online, que será transmitido ao vivo pelo Canal da TV Senado no Youtube.

A audiência será interativa. A população poderá:

1) enviar perguntas e comentários a serem discutidos durante o debate do dia 12 (partir de dois dias antes do evento);

2) votar “sim” na consulta pública sobre o PLS 511/2017;

3) enviar mensagens ao relator do projeto, senador Paulo Paim (Senado Federal – Anexo 1 – 22º andar, 70.165-900 – Brasília-DF, Tel. (61) 3303.5232 Fax: (61) 3303.5235. E-mail: paulopaim@senador.leg.br), que esclareçam a importância da medida;

4) enviar mensagem aos demais membros das comissões CDH (Secretário(a): Mariana Borges Frizzera Paiva Lyrio, Tel.: 61 3303-2005, E-mail: cdh@senado.gov.br, Secretaria: Ala Nilo Coelho, Sala 4 – A) e CAE (Secretário(a): José Alexandre Girão Mota da Silva, Tel.: 61 33033516, E-mail: cae@senado.leg.br, Secretaria: Ala Alexandre Costa, Sala 17 – B).

O referido projeto de lei é decorrente de uma Ideia Legislativa, proposta feita pela sociedade, por meio do portal E-cidadania. A redução da jornada se faz necessária em razão das peculiaridades do trabalho do profissional de Psicologia. Com a carga horária máxima de 30 horas semanais, acredita-se que se irá assegurar e proteger a saúde física e mental dos profissionais e, ao mesmo tempo, melhorar a qualidade dos serviços prestados, além de garantir condições isonômicas em relação a outros profissionais da área da saúde. Para entender mais, acesse o site do Conselho Federal de Psicologia.