Câmara dos Deputados debate expansão de cursos de educação a distância na área de saúde

DSC_4649

CRP 01/DF esteve presente na audiência e tem atuado em parceria com os órgãos responsáveis e outros conselhos regionais para garantir a qualidade dos serviços prestados por profissionais de Psicologia

A expansão da educação a distância na área de saúde foi debatida na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, na última terça-feira (08), com representantes do governo, conselhos profissionais e instituições de ensino.

Um das preocupações levantadas na ocasião refere-se às condições e ao tempo dedicado por cursos a distância em atividades de laboratório e treinamento, o que é visto com atenção por conselhos profissionais.

O Conselho Regional de Psicologia do Distrito Federal (CRP 01/DF), que esteve presente na audiência junto com o Conselho Regional de Psicologia do Piauí (CRP 21/PI), reforça que não existem cursos de Psicologia na modalidade a distância ou semipresencial autorizados pelo Ministério da Educação (MEC) e, portanto, a obtenção de um diploma de curso de graduação em Psicologia a distância ou semipresencial caracteriza crime de falsidade ideológica por se tratar de documentação falsa.

Mais informações podem ser obtidas em nota de esclarecimento (http://www.crp-01.org.br/?p=4428) elaborada pela Comissão de Orientação e Fiscalização (COF) do CRP 01/DF.